NAS ONDAS DO RÁDIO

Com 19 anos e um CD lançado, João Victor poderia ser como tantos outros cantores em começo de carreira por aí. Mas o jovem já tem algo que até veteranos sonham em conquistar: na semana passada, seu disco “Sóis” foi um dos indicados ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja. “Eu acho que a ficha ainda não caiu. Nunca sonhei em chegar tão alto, ainda mais no meu primeiro disco”, conta o cantor à coluna. Sem disfarçar o sotaque de Sorocaba, no interior de São Paulo, ele se empolga com a possibilidade de viajar para Las Vegas, onde o prêmio será entregue em novembro. “Estou me ajeitando para poder ir, se Deus quiser vai dar tudo certo com passaporte e visto. Vai ser a primeira vez que vou sair do Brasil”, celebra João, que vê a premiação como uma oportunidade de fazer contatos. “Acho que vou mais para estar perto das pessoas, porque já me considero um vencedor só de ser indicado.” Se os concorrentes em sua categoria forem um indicativo dos contatos que ele pode fazer, o cantor está feito: João compete com Leonardo, Michel Teló, Paula Fernandes e Lucas Lucco. “Companhias boas, né? (risos) O Leonardo sempre foi meu ídolo, os outros eu admiro demais. E o legal é que cada um tem um estilão diferente, né? Mostra que tem espaço para todo mundo”, elogia ele, que tem uma história antiga com o “rival” mais experiente. “No ano em que eu nasci, Leandro & Leonardo estavam no auge, meus pais ouviam sempre. Aliás, eu assisti a um show deles dentro da barriga da minha mãe. Ela estava grávida e ainda nem sabia!”, lembra. PASSADO E FUTURO Apesar de novo, João sempre quis ser cantor. Um desvio, porém, quase o levou para outro caminho. “Quando terminei o colegial, comecei a faculdade de administração. A ideia era cuidar da minha carreira. Aí assinei contrato, gravei CD, foi tudo muito rápido. Não deu para conciliar”, conta ele, que agora aproveita a repercussão do Grammy para dar novos passos: “Nós ainda não sabemos se a próxima música de trabalho vai ser de ‘Sóis’ ou se vem um single novo. Estamos avaliando”.


Priscila Freitas - priscilaf@diariosp.com.br (com Luciano Guaraldo)
DIÁRIO DE S. PAULO - DOMINGO / 2 DE OUTUBRO DE 2016


Tel.: 11 5051-1616

 

contato@sinonimosbackstage.com.br